Iracema

¨A lufada intermitente traz da praia um eco vibrante, que ressoa entre o marulho das vagas: - Iracema!
(...)Além, muito além daquela serra, que ainda azula no horizonte, nasceu Iracema.
Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna e mais longos que seu talhe de palmeira.
O favo da jati não era doce como seu sorriso; nem a baunilha recendia no bosque como seu hálito perfumado.¨


Clique aqui para comprar este produto no Submarino.com.br Conheça outros produtos indicados pelo Planeta News